criadores

Touros: gestão associada ao desmame temporário

Data: terça, 26 de dezembro de 2017 - Hora: 14:48

O desmame temporário é uma técnica de controle do aleitamento materno que provoca um aumento na aparência do calor e uma mudança na distribuição. Isso deve ser levado em consideração no momento de lidar com os touros para aproveitar ao máximo essa oportunidade de criar o rodeio. Nesta nota, Yoel Stolovas explica como ele resolve essas questões e como ele organiza o trabalho para obter o máximo desta técnica.
Quando ocorre o pico de cio
O período de maior estro devido ao efeito do desmame temporário passa do dia sete do comprimido colocado até o dia sete de sua retirada. O pico começa no mesmo dia da retirada e termina após três dias de retirada. Nos bons anos, o dia em que o comprimido é removido, 10% da rotina é detectada no estro.
Nos rodeios da cabeça de parto (primeiro mês da estação de parto) é muito claro que o pico de calor ocorre no momento da remoção da tala. Em rodeios de corpo (intermediário) e colo de parto (final), o pico do estro se espalha mais (isto é, porque existem vacas em diferentes situações: aquelas que rejeitaram, aquelas que já estão gravidas, etc.).
Fertilidade do cio
Estes primeiros ciúmes são de baixa fertilidade. Observou-se que cerca de 50% das vacas no calor estão grávidas, de acordo com registros de nascimento.
Número de touros usados
No início do tablet, a porcentagem de touros utilizados é de 3%. No sétimo dia, até 6-7% dos touros são reforçados, já que naquele momento a resposta começa. Embora seja um elevado número de touros para o número de vacas no calor, há muita interferência entre eles, por isso é aconselhável ter esse montante para armar grupos ativos e assim conseguir boas gravidezes. Sete dias após a remoção do comprimido, deve ser reduzido a 3% dos touros para evitar interferências.
Para o segundo calor, que será concentrado - mas inferior ao primeiro -, 3% dos touros são mantidos, considerando que 50% das vacas estão grávidas e que o ciúme se espalha naturalmente.
Touros que não podem ser usados naquele momento
Evita o uso de touros dominantes durante as "tempestades" de calor para evitar interferências. Esses touros vão para os rodeios que estão celando pouco para trabalhar em baixa porcentagem. Nem os touros de dois anos de idade utilizados neste momento (ver nota Bulls: gerenciar as idades).
Como ter um número tão alto de touros naquele momento
Uma vez que o resto dos rodeios ainda não estão fazendo ciclismo, durante alguns dias o uso dos touros nos rodeios de maior atividade de calor é concentrado. Isso deixa uma baixa porcentagem em rebanhos de partos tardios, onde há poucas tendas de ciclismo.

Fonte: www.fororural.com
Foto: Foro rural



Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.

Já viu os animais que vendemos? Veja Aqui!