Notícias

PR: Perdas no campo podem chegar a R$ 650 milhões

Data: segunda, 19 de fevereiro de 2018 - Hora: 11:18

Atrasada, a colheita da soja ainda está no início mas, com base em levantamentos preliminares feitos por cooperativas, integradoras e produtores obtidos pelo Jornal O Paraná, a quebra já está estimada em 15% na região oeste do Paraná.

Se esses números forem confirmados até o fim da colheita, que só deve ocorrer em março, a produção deve ficar em torno de 3,4 milhões de toneladas. No início do cultivo de quase 1 milhão de hectares, a expectativa era a colheita de 4 milhões de toneladas.

Essas 600 mil toneladas que ficarão pelo caminho são resultado de muitas interferências climáticas. Essa perda representa cerca de R$ 650 milhões, considerando o preço de balcão da saca da oleaginosa em R$ 65 - valor médio em algumas cidades ontem para saca de 60 quilos.

Para o especialista de mercado e agrônomo José Augusto de Souza, é prematuro promover alardes acerca dos números, até porque, mesmo confirmados, devem ser vistos como “redução de ganhos”. “Esperava-se um volume e pode ser colhido abaixo dele e isso não representa necessariamente um prejuízo, mas o sojicultor vai ganhar menos. É como você viajar para a praia por sete dias e esperar que dê sol o tempo todo, pode ser que ocorra, mas pode ser que chova em um, dois dias. No ano passado tivemos uma safra excepcional, colhemos de oito a dez sacas além do convencional por hectare, então não podemos balizar por ela em um ano atípico considerado o melhor da história”, reforça.


Fonte: O Paraná



Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.

Já viu os animais que vendemos? Veja Aqui!