criadores

O grande vilão no treinamento de cavalos

Data: terça, 31 de julho de 2018 - Hora: 12:00

O experiente treinador Jango Salgado falou sobre como a repetição nos exercícios pode ser prejudicial aprendizado dos animais

Boas dicas e técnicas para aperfeiçoar sua equitação e a convivência com os cavalos não têm prazo de validade! Por isso, vamos relembrar um ensinamento disseminado pelo experiente cavaleiro e treinador, Jango Salgado, que ministrou um workshop sobre o grande vilão no treinamento de cavalos.

Segundo ele, o vilão é a frase: "Vou dar só mais um esbarro, um giro, um salto, laçar um boi ou uma passada no tambor", explanou. Para explicar a frase, Jango considerou que muitos treinadores e competidores se frustram ao treinarem um cavalo, pois consideram uma sessão de treinos bem-sucedida se o exercício ficar perfeito, mas conforme enfatizou, não se pode pensar assim.

"Um exercício ou manobra foi bem-sucedida quando o animal está melhor do que começou, e não necessariamente, perfeito. Se estava horrível e agora está ruim, já melhorou. Se amanhã eu começar ruim, talvez termine razoável. Então, é muito importante que a gente aprenda a curtir e desfrutar cada progresso que o cavalo tenha".

Para ele, o maior erro no treinamento é o famoso vou dar só mais um. "Quando se fala isso, não é porque o cavalo precisa, mas sim porque o cavaleiro quer. Entretanto, quando você está treinando deve fazer o que o cavalo precisa. Além disso, quando você está com aquela vontade de fazer mais uma vez, essa é a hora de parar. Portanto, se o seu animal melhorou naquele exercício, passe para o próximo", explicou Jango.

Ele disse ainda que normalmente quando o cavaleiro quer repetir um exercício em que já houve uma evolução por parte do animal, ele faz isso porque está curtindo, achou bom e normalmente, segundo Jango, as próximas vezes não serão tão boas, e o que era pra ser só mais uma repetição, se tornará dez.

"Nisso seu cavalo cansa e já não vai desempenhar tão bem aquele movimento, você se frustra e aumenta a chance do seu cavalo se lesionar. Por isso é muito importante saber a hora certa de parar", ressaltou o treinador.

Jango concluiu dizendo que é preciso curtir cada pequeno progresso que o cavalo tenha, pois assim o treinamento fluirá de forma mais prazerosa para o cavalo e também para o cavaleiro. "Se achar graça apenas no cavalo pronto, o processo de treinamento será muito chato".


Fonte: Cavalus
Texto e Fotos: Juliana Antonangelo



Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.

Já viu os animais que vendemos? Veja Aqui!