criadores

Como visto na Expo Prado, os crioulos têm o futuro segurado

Data: domingo, 16 de setembro de 2018 - Hora: 19:30


As emoções dos criadores apaixonados que vibram com a raça foram adicionadas ao louvor do júri brasileiro.

Mais uma vez a pista da Expo do Prado demonstrou a evolução da raça crioula no país. Tanto que o renomado criador brasileiro Luiz Alberto Martins Bastos ficou impressionado e parabenizou os criadores.

Grande Campeão da corrida foi o campeão do garanhão Mayor "El Gavilán Gusano Loco" (Porá Cincel x Divertida de Santa Carmen (Charque Durazno), produzido e exibido pela Guzman e Magdalena Vergara Larrechea irmãos em sua cabine e "El Gavilán" em o departamento de Treinta y Tres.

"Ele faz isso há 5 anos e eu sempre adorei", disse o apaixonado Ing. Agr. Guzmán Vergara Ele disse que "eu o conheci 20 dias e desde que eu o vi eu sabia que ele era um crack".

E ele mostrou isso. Ele foi campeão desmame Trinta e Três, o outro ano Reservado Campeão Incentivo, pelo terceiro ano Campeão Potrillo Trinta e Três e último ano Grande Campeão em Melo e trinta e três. "Em meus pagamentos nível é muito bom e ganhar lá não é fácil, por isso tivemos fé", disse Vergara Larrechea.

É por isso que ele chegou com cautela na Expo do Prado. "É uma pista difícil, nunca é fácil, ninguém dá nada", disse ele.
Familiero como é, ele mencionou seu avô nas origens. "Somos uma família de produtores rurais, vivemos de vacas e ovelhas e isso é conseguido com o apoio da família", disse ele. O diretor de "El Gavilán" considerou que "o cavalo é um modo de vida, eu cuidar dos meus vacas e ovelhas com os meus cavalos e julgá-los bem para fazer melhor". Ele acrescentou: "isso não é um hobby".

Além disso, como ele lembrava seu avô olhou para suas filhas e futuro projetado: "Esta é uma família e trabalho é feito com paixão", confessou.

Voltar júri brasileiro escolheu como melhor espécime da raça para o Grande Campeão, Campeão égua que era prefeito: "Jagüel Olímpico" (Malarriado Cate x Jagüel Intact (RD Escorpiao), produzido e exibido pela cabine "September" Green Belt SA.

Para Jorge Cordero representou "uma grande alegria" e comentou que desta égua "nós tínhamos expectativas de potranca". Ela já era a terceira melhor do sexo feminino na Expo Prado há dois anos e agora é coroada ".

Seu proprietário elogiou o suficiente "tem um pescoço muito bonita é muito feminina, com uma boa volta, boa garupa, desenvoltura e movimentos que se parece com um gato andando no caminho", disse Cordero.

E ele fez isso com euforia, porque mesmo que eles são 23 anos de casa de campo "Setembro" e durante a 22 anos marca presença passado no Prado, que trouxe muitos grandes campeões, e fez cinco anos que não subiu ao degrau mais alto do pódio Claro, este ano ele fez isso com uma égua que mereceu a medalha de ouro: "Olímpica".

Fonte: El Pais Rurales



Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.

Já viu os animais que vendemos? Veja Aqui!