Histórias de Vida

Um Ginete vencedor - Parte II

Assim como as pessoas, cavalos e ginetes também estão destinados a estar juntos.
Quer dizer, tem duplas que mais cedo ou mais tarde, estarão juntas para brilhar nas pistas.
Neste caso, vamos falar de uma dupla rara. Uma dupla que onde foi ganhou, mais que infelizmente não conseguiram chegar na grande final do Freio de Ouro, embora estivessem classificados.
Esta é a história de Pozo Azul Deslinde e Filipe Silveira, o ginete Freio de Ouro.
A gente gosta de grandes emoções, e não poderíamos deixar de contar esta emocionante história para vocês.
Filipe ao falar com Cosaa del Campo, confessa que falar desse cavalo é falar com certeza de grande parte da sua história de vida. Pois além de ele ter montado no cavalo, hoje se revela um grande pai, já que também montou nas filhas dele e diz que não tem nada do que se queixar, pelo contrário, só tem a se encher de orgulho. Pois uma delas foi terceira melhor fêmea da Expointer, além de várias fazer lhas classificadas a grande final no longo destes anos.
Mas voltando a história...
Pozo Azul Deslinde, era um cavalo raro, picaço de estrutura forte. Segundo o Filipe era um cavalo excepcional, sem dificuldade de fazer as coisas e sempre com a vivacidade de fazer melhor. "Dava sempre vontade de montar nele!", expressa.
Com 7 meses de freio (já que chegou redomão as mãos do ginete), eles ganharam a credenciadora de Jaguarão. Momento que ele lembra com muito carinho, pois ele estava deixando de ser um ginete "de dentro de casa", e se transformando num ginete profissional.
Logo de credenciado o Deslinde, o interesse por levar outros animais pra as mãos do ginete foram várias.
Mas continuando com o binômio... o próximo passo deles era classificar. Foram numa classificatória de pista complicada, segundo ele uma pista bastante difícil, sem condição nenhuma de fazer prova. Mesmo assim, ele foi e deu show. "Roubou a prova!", comenta.
Mas as desgraças acontecem, e muitas vezes não avisam e chegam no pior momento.
Véspera do Freio de Ouro. Estava tudo pronto, só faltava ir e fazer acontecer!
Pozo Azul Deslinde amanhece com a pata quebrada, tinha quebrado a primeira falange.
Ali, nessa quebradura, ficava a sonho do Freio de Ouro para a dupla.
Mas como Deus sabe das coisas, o cavalo picaço lhe deu outras tantas vitórias, lhe deu outros tantos motivos para seguir sonhando. Pois hoje o Filipe além de montar, ele é criador.
E não é fácil! Tarefa que é de uma responsabilidade barbara. Mas que confessa que tendo grandes mães provenientes dele, fica tudo mais fácil. Claro! Além de ter outras sangues.
Os sonhos seguem, as esperanças das vitórias batendo a porta também. Hoje ao ginete o acompanham os filhos nesta tarefa, prometendo a ele, que lutarão e datam de tudo para seguir aumentando as vitórias que um dia o pai conseguiu...

Texto:Maria Eduarda Sanes
Fotos: Arquivo Filipe Silveira



Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.

Já viu os animais que vendemos? Veja Aqui!