bemestar

O que é Cota Hilton e como nela se enquadrar

Data: sexta, 16 de fevereiro de 2018 - Hora: 19:04

A Cota Hilton estabelece um volume limite de exportação de cortes bovinos de alta qualidade, provenientes de países credenciados, para a União Europeia (UE). A característica é de que seja composta por cortes especiais do quarto traseiro de novilhos precoces, desossada, fresca ou resfriada, com alto padrão de qualidade.

A Cota foi criada em 1979 para limitar a quantidade de carne importada e determinar as características para a padronização de sua produção.
A cota brasileira é de 10 mil toneladas de carne desossada por ano (tabela 1). A carne deverá ser oriunda do abate de bovinos com boa conformação de carcaça, apresentando até quatro dentes incisivos e com cobertura de gordura condizente com as normas da União Europeia.

O ano é contado de julho a junho.

O melhor desempenho aconteceu em 2015/2016, quando os embarques brasileiros foram de 9,29 mil toneladas, ou seja, 92,9% da cota.

A exportação de carne bovina dentro da Cota Hilton recebe benefícios fiscais através de redução da taxa cobrada pela EU em 20%.

Para o pecuarista, além das melhorias na gestão da propriedade em função das exigências citadas, a Cota Hilton traz uma bonificação nos preços pagos pela arroba.

Em 2017, o prêmio para o "gado Europa" variou de R$2,00 a R$3,00/@. No caso dos bovinos que atendem a Cota Hilton, houve um ágio adicional de R$3,00 a R$5,00/@.

Todavia, esta premiação é flutuante, ou seja, não há garantia do valor adicional pelo gado rastreado e certificado por ser susceptível aos efeitos da oferta e demanda, especialmente, no segundo semestre, período em que há um viés de alta na oferta de animais com as características da Cota Hilton.

Fonte: Scot Consultoria

Texto publicado originalmente na revista BeefWorld



Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.

Já viu os animais que vendemos? Veja Aqui!