Henrique Fagundes da Costa

Henrique Fagundes da Costa nasceu em Bagé, na Campanha gaúcha. Vindo de uma família de campo, cresceu em meio as atividades rurais, onde conviveu com as gentes simples que formam esse cenário que tanto o influenciou. Ainda cedo, começou a reunir antigas peças do universo gaúcho, como freios, esporas e estribos e que mais tarde seriam inspiração para o início dos estudos sobre os aperos, o gaúcho e a equitação crioula. Foi integrante da Comissão Jovem da Associação Rural de Bagé, onde organizou o primeiro desfile histórico, embrião do Memorial do Gaúcho, que retrata os distintos períodos da nossa história, bem como um dos primeiros Concursos de Aperos do Brasil. Recentemente foi indicado para integrar a Comissão de Cultura da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos Crioulos. Seus estudos e a busca incessante por novas fontes, levaram o autor a percorrer os caminhos da América bem como buscar os rastros da cultura equestre no velho mundo, afim de encontrar as influências da Equitação Gaúcha. Com esse objetivo, pesquisou nos principais museus do mundo, como no Vaticano, Louvre, Les Invalides e Britânico. Atualmente reside em Porto Alegre, onde concilia a carreira de Médico Veterinário com as pesquisas históricas e atividades de cunho cultural. É autor de Influência e já está trabalhando no seu próximo livro.