11111111111111O famoso potro preto, Inocente

colunas

O famoso potro preto, Inocente
por Arturo Montory Gajardo

Data: sábado, 3 de novembro de 2018 - Hora: 10:19

De cor preta "mirlo" diziam os mais velhos, foi o Caoba Inocente N° 29730, nascido 28 de dezembro de 1956, criado por Eduardo Olea Barriga en Arauco.
Filho de Bonete N° 18077 por Revolucionario e Brisa por Cincel (Cristal I) em Chalupa por Retinto.

Revolucionario N° 14444 era filho de Enchufe (Cristal I) em Dominación por Enchufe II en Cigarrera por Enchufe, ou seja um fechado inbreding por Enchufe. Foi criado por Belarmino Ormeño no criatório Los Álamos de Chimbarongo, igual que Revolucionario. Cristal I por todos lados.
O único filho de Revolucionario fue Bonete.

Enchufe foi criado por Adolfo Luco Blanco e atuou no criatório de La Sexta de Longavi de Cesar Rozas en Linares, ligó foi ao criatório Los Álamos e depois o levou Alberto Araya a La Invernada e Santa Isabel, Estabelecimento Agrícola que ele adminisitrava.
Belarmino Ormeño era de Arauco e tinha a fazenda Las Puentes, por esta razão custam la estes cavalos.
 
Sua mãe Malgüena foi filha de Yuyo.
 
Yuyo N° 3933 nascido em dezembro de 1928, criado por Tobías Labbé, de pelo baio.
 
Filho de Pitable por Gacho e Viela por Alfil II, por tanto propio irmão de Chuico e Guarapo.
 
Este potro chegou a Arauco ao criatório Tranlagüe de Juan Antonio Puga, onde se reproduz.
 
Inocente pertenceu a Renato Luengo de Arauco que o correu por longos anos, logo foi vendido a Arcadio Barría da Isla de Chiloé, assim chegou ao sur do país onde o correu Claudio Barría.
 
Foi excepcional vaqueiro, rápido, corredor, vivo, atalhador, um dos potros mais completos como vaqueros que tem passado pelas medialunas.
 
De pelo preto brilhante e muito brilhante, liviano, de musculatura dura e muy ceñida, um pouco cilíndrico, amurava as orelhas ao esperar ao novilho e daba um rabicheo de cola, saia a toda velocidade, um espetáculo onde atuasse.
 
Na Isla Santa María onde nasceu arrastrava novilhos de 550 a 600 kilos para a "barcaza" pra embarcá-los, ali adquiriu sua grande força e potência.
 
Inocente correu no Nacional de San Fernando 1964 e em Talca em 1970, em ambos montado por Renato Luengo.
 
Correu na região de Arauco em collera com Enojado de Raúl Pelen, com Roncador de Emilio Lafontaine, com Perito de Emilio Lafontaine e em Chiloé com Campesino de Rupert Gaedicke.  
 
Deixou 84 crias e de seus filhos pela línea paterna destacam o Arauco, muito bom de vacas e pai de Requinto; Atento de Mocopulli pai de Licahue Contulmo na Costurera, éste foi arreglado completo por Ricardo “Champa” Martínez e foi excepcional de vacas; Chicuelo de Las Cañitas.
 
Filhas destacadas foi Perjuiciosa de los Guanayes; Incrédula de Quilantal mãe de Incrédulo em Bellaco; Inocentona de La Morenita; o criatório Peleco goza de sua sangue a través de Maruja sua filha, na de su sangre a través de Ronda por Roncador, Maruja a grande mãe do criatório; Negra Linda de Rio Raqui.
 
O grande continuador da sangue do Inocente, ademais muito parecido no tipo e qualidade vaqueira é o Peleco Caballero, potro preto potentísimo data tem só 8 anos e já conhece de triunfos e Champion montado por Fernando Corvalan e atual selo de Raça Nacional...
 
Caballero N° 194301 é filho de Contulmo (Atento-Inocente) em Minga filha de Taconeo (Taco) em Maiga por Quillacon (Picaporte) e Maruja por Inocente.
 
Por tanto Caballero chega a Inocente por cima e por baixo.
 
Na atualidade muitos criadores seguem a sangue direta do Arauco a través de Asustado, Arreglado, Arrepentido, Altanera, Doña Pili, Araucana, Arrestao, Relinda; e outros a través do Requinto por incorporar éste aos Quillacones que lhe chegam em abundância por sua mãe.
 
Agora estará o Caballero seu digno continuador.



Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.