11111111111111O negcio de famlia dos Deponti percorre o Brasil

Expointer 2020

O negócio de família dos Deponti percorre o Brasil

Data: sábado, 3 de outubro de 2020 - Hora: 14:42

Onde tem cavalo crioulo tem botas Deponti. A frase de Adriano Deponti é a mais apropriada para começar a contar a história da Correaria, um negócio iniciado em São Vicente do Sul por Neri e Sadi  Deponti.  Enquanto Sadi se dedica à fabrica de botas, Neri cuida da loja, que traz vestimentas completas com tamanhos a partir de dois anos. 

“Tudo começou em 85, quando o pai (Neri) veio para Bagé. Ele já trabalhava com botas lá e decidiu instalar a fábrica aqui pela ligação forte da cidade com o cavalo crioulo”, conta Adriano. Ele destaca que a Correaria Deponti produz botas artesanalmente.




“Temos sete funcionários na produção de botas, responsabilidade do meu tio”, conta o Adriano Giorgis Deponti.




Os demais produtos da loja são oriundos de diversas cidades do RS e também Santa Catarina. Entre os produtos importados, se destacam os chapéus argentinos Lagomarsino e as boinas Tolosa.  

A frase com a qual o texto começou tem sentido quando Adriano destaca que, além do RS, a especialidade da Deponti vai para Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Goiás, São Paulo e Rio de Janeiro. E mesmo com a pandemia, que causou apreensão a muitos empresário, a Correaria Deponti não deixou de vender. “Este ano está sendo um desafio, estamos focando nas redes sociais, mas temos clientes fiéis e, claro, o agro não para”, destaca Adriano.  Contudo, a Semana Farroupilha é a época de maior faturamento para a empresa. 



Texto: Ieda Risco

Foto: Correaria Deponti 

Apoio: Correaria Deponti, Cabanha Jobim, Terra de Cavalos, Spolavori Fotografias e Rádio Tertúlia




Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.