11111111111111Nome de Vilson Aguiar

Notícias

Nome de Vilson Aguiar

Data: sexta, 10 de setembro de 2021 - Hora: 20:45

Um dia que consagrou e gravou para sempre um nome que já estava escrito, há bastante tempo, na história do Cavalo Crioulo. Na noite desta sexta-feira (10), foi realizada a cerimônia de descerramento da placa em homenagem a Vilson Aguiar, colaborador emérito da Associação Brasileira de  Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). O momento especial incluiu o homenageado na Parede da Fama do Cavalo Crioulo, em frente ao Tattersall de Negócios, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS, durante a Expointer 2021. A inauguração contou com a presença da diretoria da Associação, além dos familiares (entre eles a esposa Sônia, os filhos Ana Beatriz e Guilherme, e o neto Bento), colaboradores e amigos do seu Vilson, como é conhecido no meio. 

O presidente da ABCCC, Onécio Silveira Prado Júnior, lembrou que a sugestão do nome desse ano foi aceita rapidamente e por unanimidade, em razão de tudo que o homenageado representa. “O Vilson representa todas as classes que existem dentro da entidade e da nossa raça. É figura fundamental em toda a vida da ABCCC. Toda a nossa coletividade está muito feliz e satisfeita de estar podendo  retribuir com essa pequena homenagem esse grande trabalho que você fez pela nossa raça”, declarou em seu espaço de fala. 

Um dia que consagrou e gravou para sempre um nome que já estava escrito, há bastante tempo, na história do Cavalo Crioulo. Na noite desta sexta-feira (10), foi realizada a cerimônia de descerramento da placa em homenagem a Vilson Aguiar, colaborador emérito da Associação Brasileira de  Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). O momento especial incluiu o homenageado na Parede da Fama do Cavalo Crioulo, em frente ao Tattersall de Negócios, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS, durante a Expointer 2021. A inauguração contou com a presença da diretoria da Associação, além dos familiares (entre eles a esposa Sônia, os filhos Ana Beatriz e Guilherme, e o neto Bento), colaboradores e amigos do seu Vilson, como é conhecido no meio. 

O presidente da ABCCC, Onécio Silveira Prado Júnior, lembrou que a sugestão do nome desse ano foi aceita rapidamente e por unanimidade, em razão de tudo que o homenageado representa. “O Vilson representa todas as classes que existem dentro da entidade e da nossa raça. É figura fundamental em toda a vida da ABCCC. Toda a nossa coletividade está muito feliz e satisfeita de estar podendo  retribuir com essa pequena homenagem esse grande trabalho que você fez pela nossa raça”, declarou em seu espaço de fala. 



A trajetória de Vilson Aguiar



Nos 35 anos de dedicação e trabalho diário junto à Associação, Vilson Aguiar desempenhou vários cargos e funções ao longo do tempo e acompanhou toda a evolução da raça nesse período, além de acompanhar de perto momentos importantes da nossa história. Natural de Santa Vitória do Palmar/RS e com formação em Medicina Veterinária, iniciou sua trajetória na ABCCC sendo o segundo inspetor técnico contratado da Casa. Tempos depois, ainda foi o responsável pelo setor de Eventos, nomeado superintendente substituto do setor de Registro Genealógico, supervisor do patrimônio da entidade em Esteio e também atuou como técnico supervisor das provas do Freio de Ouro realizadas no Uruguai e na Argentina (tornando-se assim uma referência da Associação nesses países). Após sua saída da atuação diária na sede da ABCCC, ocorrida em 2012, seguiu prestando apoio e marcando presença nos eventos da raça sempre que possível e necessário. 



Parede da Fama do Cavalo Crioulo



Inaugurado no ano de 2017, o espaço também possui registros de homenagens prestadas a outros quatro nomes icônicos da raça Crioula: o ex-presidente da ABCCC e criador da Cabanha Santa Edwiges, Daniel Anzanello (homenageado em 2017); a dupla Bayard Bretanha Jacques (Cabanha Os Tuco Tuco) e Manuel Rossell Sarmento (Estância São Francisco), que juntos, na década de 1980, criaram a prova Bayard-Sarmento (homenageados em 2018); o primeiro ginete vencedor do Freio de Ouro, Vilson Chalart de Souza (homenageado em 2019); e Luiz Carlos Cassal de Albuquerque, um dos pioneiros idealizadores das provas funcionais que deram origem ao Freio de Ouro e também grande incentivador da Marcha de Resistência, que recebeu a honraria em 2020. Agora, leva o seu quinto nome, o de Vilson Aguiar, colaborador emérito da ABCCC.



Fonte: ABCCC/adaptado por Cosas del Campo

Foto: Leandro Vieira 




Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.