11111111111111Jurados 2021: os donos das placas mais aguardadas no ano!

Freio de Ouro 2021

Jurados 2021: os donos das placas mais aguardadas no ano!

Data: sexta, 24 de setembro de 2021 - Hora: 18:42

Aproximam-se as provas da Final do Freio de Ouro 2021. Os animais selecionados durante as cinco classificatórias nacionais e duas internacionais, estão sendo aguardados. Entre 29 de setembro e 3 de outubro, os conjuntos formados por cavalos e éguas e seus ginetes serão o centro das atenções no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, onde está localizada a Arena do Cavalo Crioulo, da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos. 

De todas as pessoas que estarão presentes, seis homens terão foco apenas no ocorre em pista. São os jurados que compõe o trio responsável por avaliar as fêmeas e o trio que dará notas para os machos. Os nomes foram determinados pelo Conselho Deliberativo Técnico da ABCCC e são para as fêmeas Ciro Manoel Canto Freitas, Manoel Vanderlei Braz Gonçalves e Telmo Raimundi Ferreira e Luis Rodolfo Machado, Telmo de Oliveira Peixoto e Thiago Schilling de Ávila, para os machos. O CDT também indicou como jurados reservas Carlos Marques Gonçalves Neto (para categoria Fêmeas) e Rodrigo Albuquerque Py (para a categoria Machos).

Mas, o Freio de Ouro não está completo sem os comentários precisos que chegam da cabine de transmissão da ABCCC. Nestes tempos de pandemia, além de apresentarem detalhes sobre cada animal e seus ginetes, a transmissão feita pela entidade também auxilia quem não pode ir até as arquibancadas, torcer de perto. Pelo canal no YouTube, até mesmo quem nunca ouviu falar em esbarrada poderá conhecer as principais características dos melhores exemplares da raça crioula e a habilidade ginetes que passam a vida dedicada aos animais. Quem comanda os trabalhos de transmissão é a jornalista Stella Facchin. Nesta final, estarão com ela os comentaristas Felipe Maciel e Daniel Costa. 

Maciel foi o comentarista deste ano da Classificatória Aberta. Médico veterinário formado pela UFRGS, é natural de Porto Alegre e jurado da raça Crioula desde 2011, tendo sido jurado do Freio de Ouro em 2018, na categoria Machos. No ano passado, ele julgou as fêmeas da Morfologia Expointer. “Meu primeiro contato com o cavalo foi no nascimento, onde recebei do pai, outro grande fã da raça, o primeiro cavalo”, conta. E é com o pai que desenvolve sua criação, na Cabanha Caperom em Barra do Ribeiro. 

Já Costa, que foi comentarista neste ciclo da Classificatória Gaúcha Norte, é Engenheiro agrônomo e nasceu em Dom Pedrito. Desde 2013 é técnico da ABCCC e em 2016, tornou-se jurado. Rossato conta que teve o primeiro contato com o cavalo em 1997, através da criação de seu pai. “Eu e meus irmãos seguimos a criação de crioulos até hoje pela Cabanha São Silvestre”, disse o jovem que tem como filosofia de vida a dedicação pelo cavalo.  

Texto: Ieda Risco – Cosas del Campo/Cavalo Crioulo

Foto: Felipe Ulbrich/ABCCC

 




Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.