11111111111111Ginetes avaliam morfologia e contam sobre provas e futuro

Freio de Ouro 2021

Ginetes avaliam morfologia e contam sobre provas e futuro

Data: quinta, 30 de setembro de 2021 - Hora: 09:12

Ao final da avaliação morfológica, na quarta-feira, três grandes ginetes conversaram rapidamente com Gabriel Sanes. Avaliaram seus cavalos e a expectativas não só para a final do Freio de Ouro 2021. 

Rian Valadão, que apresentou um casal nesta primeira prova, ressalta que a fêmea, Jardineira do Mako, ficou entre as 16 melhores. Já o macho, Campana, atingiu a 23ª posição. “A expectativa é muito boa, a gente vai trabalhar bem, visando o domingo e, quem sabe, até algo mais no futuro”, disse. 





Já Tomaz Gonçalves trouxe dois machos para o Freio 2021, Tio Laurindo do Cerro Frio e Jotace Vale Tudo. Ele disse que os animais são excepcionais de temperamento e caráter. Saíram da morfologia com notas expressivas em sua avalição e se mostrou muito contente com o resultado. “Não acompanhei o julgamento das fêmeas, mas sei que são profissionais de alta qualidade. Quanto aos machos, fiquei muito contente com o julgamento e considero que foram muito bem avaliados. 





Já Cláudio Fagundes, este ano chegou à final do Freio de ouro e forma diferente: com apena um cavalo, o Justiceiro do Mano a Mano . “Temos chance de chegar entre os quatro melhores”, garantiu. Sobre a avaliação morfológica, disse que esperava uma pontuação melhor, mas que os pontos recebidos ainda são bem favoráveis.





Supressas, o ginete guarda para 2022. Sempre apresentando novidades, a primeira delas será a mudança de seu centro de treinamento par a cidade de Gravataí. “É uma escolha pela logística, pois estarei mais perto do meio do cavalo, facilitando o acesso à ferreiro, atendimento veterinário, fornecimento de ração e até mesmo transporte”, explicou. Fagundes também já está preparando animais par ao novo ciclo dentro da parceira com Cabanha Septiembre, de Maldonado, Uruguai. Além disso, ficará sem suas mãos a preparação do Grande Campeão da Morfologia Expointer, Don Gonçalo Melchor.

Texto: Ieda Risco – Cosas del Campo/Cavalo Crioulo

Entrevista e fotos: Gabriel Sanes – Cosas del Campo/Cavalo Crioulo

Foto de capa: Leandro Vieira/ABCCC

 




Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.