11111111111111Conjuntos que avanam para o Domingo do Freio de Ouro 2021

criadores

Conjuntos que avançam para o Domingo do Freio de Ouro 2021

Data: domingo, 3 de outubro de 2021 - Hora: 10:50

Após três dias de movimentações em torno de um dos maiores eventos equestres do mundo, o sábado (02) pôs à prova toda a aptidão vaqueira dos finalistas do Freio de Ouro 2021. A disputa acirrada, acompanhada do clima intenso de decisão, também contou com a empolgação da torcida que aos poucos retorna para prestigiar e empolgar os conjuntos atletas, além de presenciarem o fechamento da primeira fase da disputa. Pela manhã, a fase de Mangueira I mexeu com os corações de quem acompanhava a etapa da arquibancada ou dos televisores e smartphones. Na parte da tarde, a etapa de Campo I rendeu uma sucessão de placas pretas, que revelaram os 32 exemplares (16 Fêmeas e 16 Machos) que se habilitaram a seguir na busca pelo pódio máximo da raça. A Final do Freio de Ouro, que está acontecendo no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS, concluirá mais um ciclo na tarde deste domingo (03), momento em que mais 8 exemplares entrarão para o história ao levantarem os troféus mais representativos do Cavalo Crioulo.





Subindo no ranking a cada etapa que passava, La Castellana Kaila garante a posição mais alta entre as fêmeas ao final deste sábado. Largando na 12ª posição na etapa que avalia a conformidade da raça, a égua assumiu a terceira posição após a prova de Mangueira I, com média parcial de 18.682, garantindo ser a penúltima a realizar a etapa de Campo I. Numa prova de placas pretas para a douradilha, levando cinco notas 10 (das seis levantadas) na paleteada com retomada e recondução do novilho, chega no domingo da Final com a melhor média entre os conjuntos, alcançando 19.402 pontos. A égua é criada e exposta por Marcelo Amaral Moraes, Cabanha La Castellana, Santiago/RS. Domada por Márcio Costa,  é conduzida por Fábio Teixeira da Silveira nesta Final. 





Clique aqui para ver a planilha completa da 1ª fase da categoria das Fêmeas



A categoria Machos entrou em pista na metade da tarde deste sábado e arrancou gritos e aplausos da torcida do início ao fim. Em uma disputa calorosa, os exemplares fizeram os jurados alçarem placas pretas que demonstraram a qualidade dos animais e ginetes nesta final de Freio de Ouro. Comprovando toda a sua potência, o uruguaio Colibri Matrero, montado pelo mesmo ginete com o qual conquistou o Freio de Ouro 2020, Gabriel Viola Marty, mostrou que veio com tudo para a defesa do título. Colibri Matrero finalizou o dia no topo do ranking com 19,779 pontos de média, cerca de 209 centésimos de diferença do segundo colocado, o Bocal de Ouro de 2020, Santa Alice Posteiro. O Tostado Negro Bragado é criado e exposto pela Cabanha La Pacifica do Uruguai.



Clique aqui para ver a planilha completa da 1ª fase da categoria dos Machos



Prova com o gado exalta a função da raça



Em um dia marcado pelas provas com o gado, a raça Crioula demonstrou mais uma vez a sua aptidão para esse fim. Para o jurado da categoria Fêmeas, Telmo Raimundi Ferreira, nas provas mais decisivas, os conjuntos finalistas começaram a se destacar. Para o jurado, "quando entrou as etapas mais decisivas, com a participação do gado, algumas éguas começaram a se sobressair e começamos a ver a qualificação desses animais".

Na avaliação da categoria Machos, Thiago Schilling de Ávila ressalta a alternância de posições, especialmente nas etapas com o gado, as quais requerem improvisação por parte dos conjuntos. Ele pontua que "houve muitas alternâncias de posições, inclusive o líder (anterior) da prova acabou, por uma infelicidade na Mangueira, saindo da disputa. Uma disputa como sempre muito acirrada, definida no detalhe. Agora tivemos as paleteadas com a mesma alternância. Provas muito boas e gado excelente". Com o resultado e os finalistas definidos, Thiago projeta uma "expectativa muito grande para o dia de amanhã. Acho que segue nessa toada, os cavalos tentando galgar posições. Promete muito a etapa final". 



Programação da final:



03/10/2021 - Domingo



13h - Prova de Mangueira – Fase Final – Freio de Ouro - (Fêmeas e Machos)



Sequência - Prova Bayard/ Sarmento – Fase Final – Freio de Ouro - (Fêmeas e Machos)



Sequência - Prova de Campo – Fase Final – Freio de Ouro - (Fêmeas e Machos)



Sequência - Entrega de prêmios - Freio de Ouro



Sequência - Entrega de troféus Ranking Funcional e Copas do Criador



Fonte: ABCCC/ adaptado por Cosas del Campo - Cavalo Crioulo 




Venha e participe Conosco!
Deixe seu comentário,
Até a próxima.